PT EN Português English

Ingredientes a evitar nos produtos de cosmética e higiene pessoal

A pele, o maior órgão do corpo humano, é altamente permeável, e por isso, qualquer substância que nela colocamos, é rapidamente absorvida para a corrente sanguínea e distribuída por todo o corpo.

Atualmente, todos nós utilizamos produtos de cosmética e higiene pessoal no dia-a-dia. No entanto, nem sempre damos importância aos constituintes e ingredientes que constam na composição desses produtos. A grande maioria contêm uma variedade de químicos de síntese cuja absorção pelo corpo humano tem vindo a ser frequentemente associada a problemas de saúde.

Mas como podemos identificá-los? Aqui, falamos de alguns desses ingredientes:

 

Parabenos

São os conservantes mais utilizados. Têm a função de inibir o crescimento de microrganismos. Encontram-se em produtos de maquilhagem, cremes hidratantes, desodorizantes, géis de banho, entre muitos outros. Descritos como disruptores hormonais, alguns estudos referem os parabenos como substancias potencialmente cancerígenas. Foram ainda associados a alergias e ao envelhecimento precoce da pele. Para facilitar a sua identificação, na lista dos ingredientes procure por ETHYLPARABEN, METHYLPARABEN, BUTYLPARABEN ou outro nome terminado em PARABEN.

maqui_peq1

 

Cloreto de alumínio

É mais utilizado como antitranspirante e por isso, está presente em muitos desodorizantes. Foi associado a problemas de pele como, irritações, manchas e outras lesões. Alguns estudos indicam a sua associação com casos de infertilidade e ao cancro, nomeadamente ao cancro da mama. No entanto, a FDA (Food and Drug Administration) não considera este ingrediente perigoso. É fácil reconhece-lo na lista de ingredientes como ALUMINIUM, ALUMINUM CHLOROHYDRATE.

 

Sodium Laureth Sulphate ou SLES

É um potenciador de espuma e está presente em cerca de 90% dos produtos de higiene pessoal. É capaz de secar a pele retirando-lhe a gordura natural. Alguns estudo indicam ainda podem provocar irritações na pele, desregulações hormonais e podem ser transformados originado uma substancia cancerígena: nitrosamina. Encontra-se este ingrediente, ou os seus derivados, como: SODIUM LAURIL SULPHATE (SLS), SODIUM LAURETH SULFATE (SLES), AMMONIUM LAUREL SULFATE (ALS).

 

Derivados do petróleo como Óleo mineral, Parafina ou Petrolatrum

São usados nos cosméticos para obter hidratação e brilho. Encontram-se sobretudo em cremes, óleos corporais e maquilhagem. Como o próprio nome indica estas substâncias derivam de petroquímicos, e são capazes de formar um filme na superfície da pele que se assemelha ao plástico. Estão também associados a irritações na pele e descritos como interferentes na atividade hormonal e até potenciais substâncias cancerígenas. Costumam aparecer na lista de ingredientes como: MINERAL OIL, PARAFFINUM LIQUIDUM, PETROLATRUM.

maqui_peq6

 

Propilenoglicol

É utilizado para hidratar e é muito utilizado como solvente de fragâncias oleosas. Está relacionado a problemas como irritação da pele, inibição do crescimento celular da pele e a problemas de insuficiência renal e hepáticos. Pode ser encontrado nos rótulos como: PROPYLENE GLYCOL, POLYPRYLENE GLYCOL (PPE), POLYETHYLENE GLYCOL (PEG).

 

Tolueno

É um ingrediente que pode ser muito perigoso. Presente em produtos para unhas, vernizes, e tintas para o cabelo. A sua exposição pode causar problemas no sistema nervoso central, tonturas, náuseas, perda de memória, e pode ainda afetar o desenvolvimento do feto durante a gravidez.

 

Dioxano

Não se encontra referido nos ingredientes uma vez que é um contaminante resultante da reação de outros ingredientes muito utilizados como Sodium laureth sulfate, PEG compounds, álcoois etoxilados e outros. Está presente em produtos de higiene pessoal que produzam espuma, como champôs, sabonetes líquidos, géis de banho. Descrito como substância cancerígena, é facilmente absorvido pela pele e muito volátil, o facilita a sua inalação. Por essa razão, devemos ter em atenção e não usar no rosto produtos com este ingrediente.

 
Mais ingredientes a evitar:

ACRYLAMIDE TRICLOSAN
POLYACRILAMIDE MONOETHANOLAMINE (MEA)
POLYACRYLATE DIETHANOLAMINE (DEA)
DIMETHICONE TRIETHANOLAMINE (TEA)
POLYPROPYLENE GLYCOL (PPE) POLYETHYLENE GLYCOL (PEG)
PROPYLENE GLYCOL

 

Como conselho, sugerimos sempre a leitura dos rótulos, e até mesmo dos produtos que se intitulam “Produtos Naturais” pois por vezes, contem alguns destes ingredientes.
Os produtos biológicos são seguros na medida que não utilizam na sua fórmula nenhum ingrediente prejudicial ao organismo. Existe alguns aspetos que diferenciam os produtos de cosmética e higiene pessoal convencionais dos biológicos. A forma mais fácil e imediata de os distinguir na prateleira é através do reconhecimento da certificação. As outras diferenças não são tão imediatas, mas a sua pele, e a longo prazo o seu corpo, irão sentir a verdadeira diferença.

cósmetica convencional, ingredientes, ingredientes perigosos, pele, saúde

PARTILHE